Acupuntura em Curitiba | Auriculoterapia Clínica
16445
page,page-id-16445,page-child,parent-pageid-16225,page-template,page-template-full_width,page-template-full_width-php,ajax_updown_fade,page_not_loaded,,columns-3,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive

Auriculoterapia Clínica

Auriculoterapia

Técnica praticada e ensinada pelo Frances Paul Nogier na década de 50.
Possui um sistema de tratamento e diagnóstico próprios, fundamentados na fisiologia normal do organismo.

Dr Paul Nogier, conhecido como o “O Pai da Auriculoterapia e Auriculomedicina”, era médico, acupunturista, psiquiatra, homeopata, quiropraxista e pesquisador. Em 1951, descobriu a Auriculoterapia, dez anos depois desenvolveu a Auriculomedicina. Suas descobertas serviram de base para o desenvolvimento de todos os mapas de pontos e regiões auriculares, inclusive os Chineses.

A auriculoterapia baseia-se no fato de que um ponto ou região na orelha, possui relações com órgãos e sistemas do corpo. Este mecanismo de ação é justificado pelas vias reflexas do sistema nervoso. Na Auriculoterapia, estes pontos ou zonas patológicas, podem ser determinados por meio da palpação e detector elétrico. O tratamento pode ser feito por meio de massagem, agulhas, eletroestimulação e laser.

A localização dos pontos na orelha-se assemelha a um feto de cabeça para baixo. Onde o lóbulo da orelha, representa a cabeça o centro o abdômen e órgãos internos, nas partes externas a coluna e membros, por exemplo.

Auriculomedicina

É uma extensão lógica que incorpora a Auriculoterapia.

Paul Nogier incorporou a esta técnica diversos conceitos de diagnósticos como o RAC – Reflexo Aurículo Cardíaco, que detecta pelo pulso radial alterações no organismo, quando este é “perturbado” por algum estímulo.

Através de filtros de luz, laser, detectores elétricos e palpadores, as áreas de disfunção são encontradas pela orelha e no corpo. A confirmação é feita através do RAC. O tratamento poderá ser feito com agulhas ou com os mesmos aparelhos utilizados no diagnostico, nestas mesmas ou outras regiões.

Do ponto de vista científico, os estudos comprovam que existe uma grande quantidade de nervos na orelha que correspondem reflexamente a outras partes do corpo, no cérebro.

Dr. Fabio B. Athayde foi aluno do Dr. Yves Rouxeville (França) e este aluno e discípulo direto de Paul Nogier. Atualmente o Dr. Rouxeville é um dos maiores divulgadores da Auriculomedicina no mundo.